RSS

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Jogo



Como um taboleiro de xadrez....

É assim que eu analiso a atual situação politica de Janduís. Existem as peças bracas do ataque e as petras que são de defesa. Agora o que muitos também não percebem, é toda partida de xadrez só tem um propósito, defender o rei.

O Rei, é a peça principal do xadrez, todas as outras peças tem como principal objetivo a defesa do rei, mesmo que isso signifique o seu sacrificio.

A Rainha, uma peça de ataque de extrema importância, ela se movimenta por todo o taboleiro. Imponete e forte, Ela é destemida e audaciosa, ataca sem dó e nem piedade.

Cavalos, são estrategistas. Quando você consegue armar um cheque com o cavalo dificilmente, dependendo do jogador, o rei adversário escapará.

Torres, defensoras. Ficam esperando um ataque oposto para poder defender.
Bispos, defesa e ataque, mas isso depende de sua posição. Devido às características de seu movimento tem a deficiência da fraqueza da cor, onde seu movimento fica limitado à cor da casa de onde inicia a partida.
Peões, é a mais modesta das peças de xadrez. São os primeiros a serem colocados em sacrificio.

Agora cada um escolha as suas peças, porque o jogo político janduíense está apenas começando. E eu me pergunto se as peças do taboleiro tem sã conciência de seu valor no jogo, e se elas estão dispostas a tudo para apenas defender um rei, mesmo que isso signifique seu sacrificio?

2 comentários:

Santelma Gomes disse...

É amiga Késia, muito boa sua analogia. Admirável inteligência em fazê-la diante de uma cidade onde poucos realmente sabem o que é política. A grande maioria acha que fazer política é subir em um palanque pra prometer e não cumprir e outras acham que é votar a cada dois anos. Engana-se quem pensa assim, fazer política vai além disso, é algo que vivenciamos todos os dias, fazer política é posicionar-se diante de qualquer questão social que lhe envolva direta e indiretamente. O problema é que tem muita gente tomando partido por coisas que não sabem ao certo do que se trata, esses são os peões tão comuns por aqui, e os Reis e suas peças de ataque e defesa continuam usando a peãozada pra fazer o trabalho sujo, e ainda tem gente que não se toca que logo logo seu sacrifício não será recompensado mais tarde! Parabéns pela postagem! Continuemos com nossos BLOGS APÓCRIFOS!

Pablo Vinícius de Oliveira disse...

Maga Veia, realmente virou um jogo de xadres nossa cidade. Onde o Rei é defendido acima de tudo. E seus erros não são vistos nunca. concordo plenamente. Ficou muito legal. E é isso VAMOS A LUTA.

Postar um comentário

 
Copyright A Juventude Alternativa 2009. Powered by Blogger.Wordpress Theme by Ezwpthemes .
Converted To Blogger Template by Anshul Dudeja.